quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

Ricardo Coutinho inaugura viaduto com a presença da mãe de Eduardo Campos




                                       

O Viaduto Eduardo Campos, popular Viaduto do Geisel, está sendo inaugurado oficialmente na noite desta terça-feira (20) com presenças ilustres, incluindo a mãe do falecido que nomeia a obra, Ana Arraes. Além disso, um palco foi montado para abrigar a solenidade de inauguração e o show do catoleense Chico César. O evento acontece no estacionamento do Estádio Almeidão e já conta com milhares pessoas.
Orçado em R$ 42 milhões, segundo o próprio governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), a obra é considerada a mais importante de mobilidade do município de João Pessoa. O custeio do viaduto, que demorou dois anos e meio para ser concluído, se deu com 60% de recursos estaduais com 40% de recursos federais.
“Na época eu me dirigi a senhora presidente da República [Dilma Rousseff] para fazer uma pactuação [sic] que permitisse o Estado fazer a obra. Eu não consegui aquilo que achava que ia conseguir, que era no mínimo 90% da obra, mas consegui 40%. Tinha que resolver o mais grave problema de trânsito da região metropolitana de João Pessoa”, comentou Ricardo.
O governador citou que a obra passou por muitas provações, sem especificá-las. Disse também que o episódio com o ministro das Cidades, Bruno Araújo (PSDB), no qual se acreditou em um boicote por parte do Governo Federal para com a Paraíba, foi devidamente superado.
“Em um determinado momento eu tive que dizer que faria esta obra, como se diz no popular, debaixo de pau e pedra. Nem que eu tivesse que pedir R$ 1 real ou R$ 5 reais a cada habitante dessa cidade, essa obra teria que ser feita. Apesar de alguns trabalharem contra permanentemente, alguns aqui do Estado da Paraíba, nós conseguimos restabelecer a ponte [com o Governo Federal] e tratar as coisas com a civilidade necessária. Eu tenho uma representação institucional e o ministro tem a sua representação e nós precisamos nos entender para poder fazer com que as coisas possam avançar”, citou.

Créditos: wscom
Fonte: http://www.polemicaparaiba.com.br/

Nenhum comentário: